Esta é uma colecção que pede mar. A língua portuguesa é uma língua inquieta, indisciplinada. Não lhe basta uma nesga de terra, muito menos um jardim à beira-mar plantado. A língua portuguesa, rebelde, umas vezes a fingir-se domada, outras vezes irónica, doce irreverente e ajindungada, quer viver solta, desacordada, de ilha em ilha.  

Esta é uma colecção que pede mar. A língua portuguesa é uma língua inquieta, indisciplinada. Não lhe basta uma nesga de terra, muito menos um jardim à beira-mar plantado. A língua portuguesa, rebelde, umas vezes a fingir-se domada, outras vezes irónica, doce irreverente e ajindungada, quer viver solta, desacordada, de ilha em ilha.  

Mais

Colecção ARQUIPÉLAGO Existe um produto.

Mostrando 1 - 1 de 1 item