O Porto vai falar caluanda

Publicado . 2018-10-21 | Categorias . Artigos

Há uma novidade para a Assembleia Geral de Insultos no Porto. Vai insultar-se em caluanda, essa forma imaginativa que os trópicos têm de falar português. A pedido de várias famílias e da vasta comunidade de afinidade, saudade, nascimento e sentimento angolense, Fernando Jorge Antunes aceitou participar também na sessão de apresentação de O Pequeno Livro dos Insultos, com uma intervenção subordinada ao tema "O verdadeiro insulto é o insulto caluanda". 

É uma grande notícia para os amigos da Guerra e Paz, de raiz angolana, e que, no Porto (mas também Braga, Guimarães, Aveiro, até Viseu) estão a organizar-se para saudar no mais requintado quimbundo o autor do livro. Fernando Jorge Antunes, também conhecido por "Velho" é poeta e autor, exuberante cultor da metáfora, de linguagem terno-desabrida, que não leva, fiquem Mário Augusto, Pedro Norton e Fernando Rocha a saber, desaforo para casa.

Partilhe este conteúdo