O Português à Descoberta do Brasileiro

Publicado . 2022-02-16 | Categorias . Artigos

.

.

.

.

Depois de, em 2019, nos ter encantado com Assim Nasceu Uma Língua, livro de êxito incontestado, que conta a história da língua portuguesa com paixão, elegância e um fino humor, Fernando Venâncio apresenta-nos agora O Português à Descoberta do Brasileiro. Neste novo livro, o professor e reputado linguista provoca-nos, diverte-nos e desafia-nos a identificar e aceitar as diferenças entre os apelidados português europeu e português do Brasil. Um hino à liberdade e diversidade linguistica, o ensaio opõe-se veementemente ao famigerado Acordo Ortográfico de 1990 e à forma conservadora, autoritária ou condescendente como alguns portugueses olham para a semântica, a sintaxe e o léxico utilizados pelos brasileiros, e sorri perante a suposta ameaça que os brasileirismos representam para a língua portuguesa. O Português à Descoberta do Brasileiro chega à rede livreira nacional a partir do próximo dia 22 de Fevereiro, com a chancela da Guerra e Paz Editores.  O lançamento oficial da obra acontece no dia 14 de Março, a partir das 18h30, no espaço do Âmbito Cultural do El Corte Inglés, em Lisboa, e contará com a apresentação de Luís Castro Mendes, escritor, diplomata e antigo ministro da Cultura.

 

«Quando falam e quando escrevem, os brasileiros exprimem‑se – é o menos que se pode dizer – diferentemente de nós.» Mas enganam-se os que pensam que essas notórias e fracturantes diferenças se tratam de um degeneração ou uma incapacidade de falar um «português decente». Em O Português à Descoberta do Brasileiro, Fernando Venâncio afirma que «nem o português brasileiro é um sistema degenerado, bem pelo contrário, nem a norma brasileira reverterá o secular afastamento da europeia».

 

Neste seu novo livro, o conceituado linguista desafia os leitores a aceitarem o natural e irreversível afastamento semântico, sintáctico e lexical do português falado em Portugal e no Brasil. Além disso, ataca, com veemência e uma desassombrada ironia, duas formas como os portugueses olham para a língua tal qual é falada pelos brasileiros.  Diz Venâncio que, no «clube dos eufóricos», estão todos os que se sentem pessoalmente orgulhosos de terem criado a nação brasileira. «Olha como eles dizem! Tão queridos!» E no «clube dos inconsoláveis» estão os indivíduos que reclamam as atrocidades lexicais e semânticas dos brasileiros. «Eles nem português sabem falar!»

 

Adiante, o autor ri-se da suposta ameaça que os brasileirismos representam para a língua portuguesa, lançando algumas questões bastante actuais. Será que esse perigo é maior hoje, que assistimos ao aumento do consumo de produtos audiovisuais e digitais brasileiros, pelas crianças e jovens portugueses? Quantas expressões já tínhamos adoptado do português do Brasil, entre as quais «cair a ficha»? E as canções dos anos 70? E as «histórias aos quadradinhos» que há muito nos chegam do Brasil? E as novelas das últimas quatro décadas? 

 

A fenda gramatical entre a língua falada e escrita no Brasil e em Portugal é irreversível: ninguém tem de ter medo desse afastamento e dessa liberdade. É por isso que Fernando Venâncio se opõe veementemente ao Acordo Ortográfico de 1990, que diz ser «um produto mal‑enjorcado, elaborado em cima do joelho, rejeitado por todas as entidades então consultadas» e que só veio gerar ainda mais áreas de caos e desconforto, tentando caçar e amarrar o que se deseja que seja o português à solta. 

 

Um hino à liberdade e diversidade da língua portuguesa, esteja em que lado do Atlântico esteja, O Português à Descoberta do Brasileiro chega à rede livreira nacional a partir do próximo dia 22 de Fevereiro, com a chancela da Guerra e Paz Editores. O lançamento oficial da obra acontece no dia 14 de Março, a partir das 18h30, no espaço do Âmbito Cultural do El Corte Inglés, em Lisboa, e contará com a apresentação de Luís Castro Mendes, escritor, diplomata e antigo ministro da Cultura.

 

.

.

 

O Português à Descoberta do Brasileiro

Fernando Venâncio

Não-Ficção / Língua Portuguesa

136 páginas · 15x23 · 14,00 €

Nas livrarias a 22 de Fevereiro

.

.

.

 

Partilhe este conteúdo