Guerra e Paz editores: os livros de Março 2022

Publicado . 2022-03-09 | Categorias . Artigos

.

.

Nas livrarias a 8 de Março:

100 Anos do PCP: do Sol da Terra ao Congresso de Loures,
Domingos Lopes

Uma viagem ao interior do PCP por quem o viveu. Pode o ideal comunista ser ainda reconfigurado e resgatado da sua história trágica no século XX?


(In)justiça Social. Porque estão erradas muitas respostas populares a importantes questões de raça, género e identidade – e como saber o que está certo,
Helen Pluckrose e James Lindsay

Já ouviu dizer que a ciência é sexista, que não existe sexo biológico e que ser obeso é saudável? Um livro que afronta os disparates dos activismos totalitários. Para quem tem 30 anos e tem pressa.


E Foi Assim! Biografia de João Salgueiro e a História da Diapasão,
Fernando Grencho

De Rui Veloso a Gimba, é também a história de 30 anos de música portuguesa que se revelam na história deste homem e desta empresa.


O Sorriso Contagiante dos Croissants,
Camille Andrea

Este romance é preciso lê-lo, oferecê-lo, emprestá-lo, doá-lo. Se estão conectados com a vida, se têm vontade de sorrir, de rir, comprem este livro. Um livro feliz.

.

.

.

Nas livrarias a 22 de Março:

Esta Ferida Cheia de Peixes,
Lorena Salazar Masso
Uma mãe branca leva o filho negro, rio acima, pela selva colombiana, para que conheça a mãe negra biológica. Uma escrita lírica, tensa, comovente.


Mãe para Jantar,
Shalom Auslander

Um prodígio de humor negro. O romance canibal que fez a crítica americana comparar Auslander a Philip Roth e a Woody Allen. Uma provocação ao activismo étnico.

Bola de Sebo,
Guy de Maupassant

Um romance clássico perfeito: o livro que inspirou a canção de Chico Buarque Geni e o Zepelim e o Stagecoach do cineasta John Ford.


Festas Galantes,
Paul Verlaine

Um livro de arte feito a partir de uma edição rara da colecção pessoal de Calouste Gulbenkian. Com as ilustrações de 1912 de George Barbier. Numa tradução de João Moita.

.

Atlas da Guerra Fria.  1947-1990: Um Conflito Global e Multiforme,
Texto: Sabine Dullin, Stanislas Jeannesson e Jérémie Tamiatto,
Cartografia: Aurélie Boissière

Retrato vivo do conflito que dividiu o mundo em dois blocos, numa tensão de cortar à faca, à beira de degenerar numa guerra atómica mundial. A rivalidade entre os Estados Unidos da América e a URSS, o combate entre a democracia liberal e o comunismo. Pode a Guerra Fria voltar?

Nietzsche, o Combate com o Demónio,
Stefan Zweig

Num só livro, dois génios: a escrita de Zweig, o pensamento convulso de Nietzsche. Dois génios, mil demónios.

Imagens do Cuidar: O CHULC e a covid-19,  
Fotografias de Rodrigo Cabrita

Um livro de arte, de grande dimensão: centenas de fotos e memórias pungentes de médicos, enfermeiros e doentes que viveram a experiência da pandemia. Para não esquecermos o vendaval de dor da covid-19: uma memória, muitos retratos.


Batalhas, peripécias e Economia num recanto de Angola,
José Severino

Estórias e testemunhos de combatentes, abrangendo a invasão sul-africana de Angola pela Frente Sul nos meses anteriores à Independência.
 

.

.

Guerra e Paz editores: porque é preciso virar a página

.

.

.

.

.

.

Partilhe este conteúdo