AUTOR.jpg

José Martinho Gaspar

nasceu em Água das Casas, Abrantes, em 1967. Licenciou-se em História na Universidade de Coimbra, onde também concluiu o mestrado em História Contemporânea, no âmbito do qual publicou
A Primeira República em Abrantes: Evolução Política e Acção Laicizadora e Os Discursos e o Discurso de Salazar. Particularmente interessado por história local, coordena o Centro de Estudos de História Local de Abrantes, onde dirige a revista Zahara há 17 anos. Amante de livros, bibliotecas e documentos antigos, fez uma pós-graduação em Ciências Documentais – Arquivo.
Professor de História de profissão, encontrou na escrita uma paixão. Em 2012, iniciou-se na ficção com o livro de contos Histórias Desencantadas; em 2015, trouxe a público uma obra que lhe saiu do coração, Água das Casas: Memórias de Uma Comunidade, e estreou-se na literatura para a infância com Um Mundo Quadrado: Visto Aqui Deste Lado; em 2016, publicou Sport Lisboa e Abrantes/Sport Abrantes e Benfica: 100 Anos; voltou aos contos em 2017, com Histórias de Ter de Ser. Vidas por Fios é o seu primeiro romance.