-10%

Preço reduzido! São Paulo, Prisão de Luanda Ver maior

São Paulo, Prisão de Luanda

Novo produto

Quase todos os partos das nações fazem-se na dor, e Angola não foi excepção.

Em finais de 1976, a cadeia de São Paulo, em Luanda, estava nas mãos da DISA, a polícia política do regime angolano sob a presidência de Agostinho Neto, quando Carlos Taveira, acusado de pertencer à Organização Comunista de Angola (OCA), foi preso sem direito a defesa ou a julgamento, como tantos outros.

Mais detalhes

14,90 €

13,41 €

Adicionar à Lista de desejos

Quase todos os partos das nações fazem-se na dor, e Angola não foi excepção.

Em finais de 1976, a cadeia de São Paulo, em Luanda, estava nas mãos da DISA, a polícia política do regime angolano sob a presidência de Agostinho Neto, quando Carlos Taveira, acusado de pertencer à Organização Comunista de Angola (OCA), foi preso sem direito a defesa ou a julgamento, como tantos outros, por tempo indeterminado.
Foi em São Paulo que o autor viveu o golpe de Estado de 27 de Maio de 1977, o grande tabu da história de Angola, que culminou nas execuções de Nito Alves, José Van Dúnem, Sita Valles e milhares de supostos apoiantes. Nestas memórias, relata pormenores do assalto à cadeia, que esteve cinco horas debaixo de fogo, conta como a repressão se adensou depois da intentona, revela torturas, espancamentos e execuções extrajudiciais. Mas, com um humor desconcertante, também descreve momentos de lazer e incríveis aventuras que viveu na prisão.

Nº de Páginas176
Ano de EdiçãoJan. 2019
ISBN9789897024511
Formato15x23
CapaBrochado