-30%

Preço reduzido! A Assassina da Roda Ver maior

A Assassina da Roda

Novo produto

Autor(es): Rute de Carvalho Serra

A história da última mulher executada em Portugal. O mais horrendo dos crimes: o massacre de inocentes. Um romance de factos verídicos.

Um romance histórico de intensa emoção, baseado em factos verídicos: aqui, as nossas convicções sobre verdade, mentira, miséria e ostentação são postas definitivamente à prova.

Mais detalhes

15,00 €

10,50 €

Adicionar à Lista de desejos

A história da última mulher executada em Portugal. O mais horrendo dos crimes: o massacre de inocentes. Um romance de factos verídicos.

Julho de 1772. Na Casa da Suplicação, em Lisboa, agitam-se as hostes perante ruas fervilhantes de um povo acicatado pelos terríveis actos cometidos por uma assassina. Luiza de Jesus é acusada de ter assassinado 33 crianças, expostas na roda da Misericórdia de Coimbra. O que pode ter levado uma jovem mulher a matar impiedosamente inocentes? Quem é ela afinal?
Estas perguntas desassossegam o espírito do intendente Pina Manique, seu julgador. Deambulando entre Lisboa, Coimbra, Figueira de Lorvão e até a Galiza, será possível encontrar respostas? Tradição e mística milenar poderão, afinal, coexistir?
Um romance histórico de intensa emoção, baseado em factos verídicos: aqui, as nossas convicções sobre verdade, mentira, miséria e ostentação são postas definitivamente à prova.
Os horríveis e sanguinários pormenores da execução pública desta assassina serão suficientes para que a «memória de semelhante monstro» não desapareça?

Nº de Páginas 272
Ano de Edição Fev. 2020
ISBN 978-989-702-528-0
Formato 15x23
Capa Brochado

Sem avaliações neste momento.

Escrever uma avaliação

A Assassina da Roda

A Assassina da Roda

Autor(es): Rute de Carvalho Serra

A história da última mulher executada em Portugal. O mais horrendo dos crimes: o massacre de inocentes. Um romance de factos verídicos.

Um romance histórico de intensa emoção, baseado em factos verídicos: aqui, as nossas convicções sobre verdade, mentira, miséria e ostentação são postas definitivamente à prova.