-10%

Preço reduzido! A Bienal da Tia Matilde Ver maior

A Bienal da Tia Matilde

Novo produto

Autor(es): António Botto Quintans

 E se os reis de Portugal, os presidentes da Primeira República e figuras mediáticas da actualidade interagissem entre si? A partir de 5 de Outubro de 1910, resolvem encontrar-se, de dois em dois anos, no restaurante Tia Matilde, em Lisboa, para comemorar a independência de Portugal face a Leão e Castela (Tratado de Zamora, 5 de Outubro de 1143). 

Mais detalhes

12,26 €

11,04 €

O novo «delírio gastro-histórico» de António Botto Quintans, depois do êxito de História de Portugal à La Carte.

 E se os reis de Portugal, os presidentes da Primeira República e figuras mediáticas da actualidade interagissem entre si? A partir de 5 de Outubro de 1910, resolvem encontrar-se, de dois em dois anos, no restaurante Tia Matilde, em Lisboa, para comemorar a independência de Portugal face a Leão e Castela (Tratado de Zamora, 5 de Outubro de 1143). 

Ao mesmo tempo que comentam o período político e social que se viveu de 1910 a 1933, no exterior, Inês de Sousa Real vende mirtilos; Florêncio de Almeida, obras de arte; André Ventura, farturas; e Otelo Saraiva de Carvalho, tirinhos.

Enquanto Toy chora copiosamente a traição da sua amada com D. Sebastião, D. Sancho I assume que a Pippi das Meias Altas é sua filha. D. Fernando I aparece ao lado de Eduardo Cabrita, o motorista de José Sócrates envolve-se com a condessa de Bolonha e o cardeal D. Henrique suspira por Lili Caneças.

 

Nº de Páginas 200
Ano de Edição Setembro 2022
ISBN 978-989-702-850-2
Formato 15x23
Capa Brochado