-10%

Preço reduzido! O Crisântemo e a Espada Ver maior

O Crisântemo e a Espada

Novo produto

Autor(es): Ruth Benedict

É indispensável e continua a ser largamente usado no Japão. Desde a sua publicação já foram vendidos mais de dois milhões e 300 mil exemplares no Japão.

Nanuku Fukui

Uma das melhores obras de sempre sobre a sociedade japonesa... Um estudo ponderado e matizado do carácter japonês.

U.S. News & World Report

Mais detalhes

16,98 €

15,28 €

É indispensável e continua a ser largamente usado no Japão. Desde a sua publicação já foram vendidos mais de dois milhões e 300 mil exemplares no Japão.

Nanuku Fukui

Em plena II Grande Guerra, Junho de 1944, o governo americano olhava perplexo para o seu inimigo japonês. Como acelerar a vitória? Como lidar e ocupar o Japão após a vitória militar? Governo e militares pediram à antropóloga Ruth Benedict que estudasse esse povo tão diferente e traçasse um retrato das normas e dos valores culturais japoneses.

Nasceu assim um dos mais belos, cativantes e lúcidos livros do nosso tempo.  O Crisântemo e a Espada – título que espelha os pólos paradoxais do carácter e do modo de vida japoneses – ficou até hoje como um clássico essencial, polémico também, soberba porta de entrada para o estudo e compreensão dos complexos padrões da cultura japonesa, que explicam não só o militarismo de tempos passados, mas também a fabulosa expansão pacífica levada a cabo pelo povo japonês desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

Traduzido em quase todo o mundo, só agora finalmente publicado em Portugal, é um livro que o especialista Ian Buruma considera um «clássico devido à sua lucidez intelectual e estilística», acrescentando que Benedict «foi uma escritora de grande humanidade e generosidade de espírito».

Uma das melhores obras de sempre sobre a sociedade japonesa... Um estudo ponderado e matizado do carácter japonês.

U.S. News & World Report

Nº de Páginas 304
Ano de Edição Setembro 2022
ISBN 978-989-702-860-1
Formato 15x23
Capa Brochado

Clientes que compraram este livro também compraram: