-20%

A Intransigente Defesa da Arte – Transcrição de Um Julgamento sórdido

Autor(es): Oscar Wilde

Esta Intransigente Defesa da Arte é um esplêndido documento histórico e é um manifesto de intransigente defesa da independência da arte, permitindo aos leitores «ouvir» as reais palavras de Wilde no seu mais articulado e brilhante discurso, que faz de um texto que se presumiria perdido nos meandros da lei uma peça da mais sublime estética.

10,40 

Adicionar aos Favoritos
Adicionar aos Favoritos
Partilhar:
Mais sobre a obra:

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 1895, acontece a triunfante estreia de The Importance os Being Earnest: é o zénite da carreira de Oscar Wilde. E menos de cem dias depois, era um preso comum condenado a dois anos de trabalhos forçados.

Pela primeira vez, em Portugal, e integrando a colecção Livros Negros, da Guerra e Paz Editores, este livro publica a quase totalidade da transcrição do julgamento mais sensacional do século xix ou como da sordidez da exposição, na Londres vitoriana, da homossexualidade de Wilde nasce uma veemente e majestosa defesa da absoluta liberdade da criação artística.

Esta Intransigente Defesa da Arte é um esplêndido documento histórico e é um manifesto de intransigente defesa da independência da arte, permitindo aos leitores «ouvir» as reais palavras de Wilde no seu mais articulado e brilhante discurso, que faz de um texto que se presumiria perdido nos meandros da lei uma peça da mais sublime estética.

Ficha Técnica:
Categoria(s): História, Cultura e Religião, Não Ficção
Colecção: Livros Negros
Nº de Páginas: 128
Ano de Edição: Janeiro 2022
ISBN: 978-989-702-706-2
Formato: 15x20
Capa: Brochado
Outras sugestões:

Seleccione um ponto de entrega