-50%

COMO O MUSGO NA PEDRA

Autor(es): Daniel Simon

Em todas as vidas há um hiato. A vida do autor parou numa terça-feira como as outras, com um diagnóstico. Quando a vida pára, o mundo divide­-se entre os cépticos, que acreditam no acaso, e os que acre­ditam que os acontecimentos detêm um segredo profundo.

7,25 

Adicionar aos Favoritos
Adicionar aos Favoritos
Partilhar:
Mais sobre a obra:

Em todas as vidas há um hiato. A vida do autor parou numa terça-feira como as outras, com um diagnóstico. Quando a vida pára, o mundo divide­-se entre os cépticos, que acreditam no acaso, e os que acre­ditam que os acontecimentos detêm um segredo profundo.

Procurar esse segredo não é tarefa fácil. Implica silêncio, um ritmo lento e viajar pela Perda. É um trabalho de me­mória, de regresso à infância e à nossa história, que passa por livros, objectos, músicas e espaços. Confrontar a vida. Como ela foi. Como nós gostaríamos que ela tivesse sido.

A vida, agora. Escrevo: quatro meses depois. Como se houvesse um momento-marco, um instante zero evidente. Na realidade, as nossas vidas estão cheias de instan­tes zero, de rupturas, este é só o ins­tante zero mais recente.

Sublimamos as outras rupturas, mas, às vezes, numa fracção de segundo, elas emer­gem. Visitar a Perda é reviver todas as visitas anteriores. É inevitável. Pensa­mos que sofremos de coisas diferen­tes de cada vez, mas é sempre o mesmo sofrimento que visitamos. De modo que escrevo: quatro meses depois. Depois de tudo.

Ficha Técnica:
Categoria(s): Ficção, Literatura Estrangeira
Nº de Páginas: 152
Ano de Edição: 2015
ISBN: 978-989-702-163-3
Formato: 15x23
Capa: 0
Outras sugestões:

Seleccione um ponto de entrega