Fernando Pessoa não se cala. Fala com o nosso tempo

Publicado . 2018-06-27 | Categorias . Artigos

Como é que se lê Pessoa, hoje? Em primeiro lugar, diga-se que devemos ler Pessoa como muito bem quisermos, claro. Mas mesmo antes deste primeiro lugar da hierarquia vem uma condição: leia-se Fernando Pessoa com prazer. 

E foi exactamente essa condição que ditou o nascimento desta colecção "Os Livros de Fernando Pessoa". Deixámos ou quisemos que os textos de Fernando Pessoa, essa massa heteróclita que não parece parar de sair da Arca, respondesse ao nosso tempo e falasse a linguagem dos nossos dias. Hoje falamos de drogas, falamos de viagens, falamos de géneros e de sexualidade? Se Fernando Pessoa se sentasse à mesa do café connosco, teria certamente uma palavra a dizer. Fomos descobrir essa palavra a poemas e prosas de Pessoa. Ou melhor de Pessoa & Companhia que com Pessoa vem uma multidão de convidados

Já são três antologias. Mas a colecção não vai parar aqui. Vêm aí, até final de 2018, mais dois livros para reforçar a colecção: Fernando Pessoa não se cala e quer mesmo falar connosco, com o nosso tempo. Acontece que as capas são muito felizes - digo eu ao Ilídio Vasco, designer gráfico que se pôs também à conversa com Pessoa e lhes fez o desenho. E essa é também uma belíssima razão para ter em casa todos os livros desta colecção: são bonitos e "falam" bem. Chame-os já à conversa, antes que esgotem. 

Partilhe este conteúdo